Mais Imagens

MOVIMENTO CENTRAL ENDURO BB86 CERAMIC HYBRID ABEC5 AC - GXP - BKC-02313

Cód. LS-2206

Em estoque

R$576,00
em 9x de R$64,00 s/ juros
Formas de Pagamento *
  • Pague com Visa
  • Pague com Mastercard
  • Pague com Diners
  • Pague com Elo
  • Pague com Boleto
à vista R$576,00 s/ juros
2x de R$288,00 s/ juros
3x de R$192,00 s/ juros
4x de R$144,00 s/ juros
5x de R$115,20 s/ juros
6x de R$96,00 s/ juros
7x de R$82,29 s/ juros
8x de R$72,00 s/ juros
9x de R$64,00 s/ juros
* Este cálculo é apenas uma simulação. Para valores reais, consultar no momento do pagamento de acordo com a modalidade escolhida.
ou aproveite e pague com desconto no
R$518,40
à vista no boleto ou depósito com 10%.
.
 
Frete e Prazo:
Não sei meu CEP

Detalhes

MOVIMENTO CENTRAL ENDURO BB86 CERAMIC HYBRID ABEC5 AC - SRAM GXP - BKC-02313

Neste Kit Enduro Bearings contém tudo que você precisa para instalar pedivela de eixo de 24/22mm (Sram GXP) em quadros com padrão de movimento central BB86 (41mm), aliado ao melhor rolamento de performance e durabilidade (Ceramic Hybrid).

Acompanha:

- 2 rolamentoS MRA 2437 CERAMIC HYBRID ABEC5 com flanja de retenção em nylon (sendo um deles com redutor para 22mm)

- 1 vedação de silicone metalizada SEMR 2437

- 1 vedação de silicone metalizada SEMR 2237

- 2 espaçadores de nylon (24x1mm)

- 2 espaçadores de nylon (24x0.5mm)

- 1 espaçador ondulado 24/0.6

 

A marcaEnduro Bearings, fabricante de rolamentos para diversos segmentos, inclusive bicicletas, é um dos nomes mais fortes e tradicionais dessa indústria. Seus rolamentos são desenhados especificamente para atender às demandas do ciclismo e podem ser encontrados nos mais diversos componentes, como roda, movimento central, pivô da suspensão, caixa de direção, balança traseira, etc. Cada rolamento foi projetado para oferecer performance superior e valorizar cada aplicação, garantindo a eficiência e longevidade da peça.

 

Rolamento de cerâmica ZERØ

Testado em diversas provas mundiais, os rolamentos de cerâmica ZERØ tornaram-se um importante item para ter nos componentes da bike no dia da competição. Grandes esferas de grau 3 rodam em pistas com acabamento espelhado, isso depois de terem recebido tratamentos de magnetita e criogênio, que asseguram resistência e longevidade do rolamento. A alta qualidade da usinagem faz com que esses rolamentos rodem de forma suave, sejam leves e duráveis. Com menor resistência à rolagem do que qualquer rolamento 2RS, eles chegam muito perto ao ideal de zero resistência. A Enduro usa vedação de silicone, e não de borracha, o que deixa o rolamento mais escorregadio e isso, consequentemente, contribui para um giro melhor e mais rápido. Os resultados transparecem nas competições de ponta. Indicado para bikes de ciclismo, já que sua perfomance com baixa fricção muito se deve ao uso mínimo de vedação. Se você quer velocidade pura e simples, o rolamento de cerâmica ZERØ da Enduro é a escolha certa para você!

 

ABEC Rating

ABEC é um padrão de tolerância dos rolamentos. Vários testes são efetuados para se chegar à determinação desse número, como, por exemplo, o teste de tolerância circular das pistas de rolamento interna e externa, o ajuste do ângulo da canaleta, a profundidade do sulco da esfera, o acabamento da superfície das pistas, a precisão na rotação radial e axial, a quantidade e o tipo de graxa aplicada, bem como o desenho e a estrutura das vedações usadas.

Há cinco classes ABEC, partindo dos que possuem menor tolerância para maior

 

ABEC 1 = normalmente utilizada pela indústria que possui o menor custo e menor tolerância e precisão

ABEC 3 = classe 6 - Trata-se do padrão mínimo utilizado pela Enduro Bearings

ABEC 5 = classe 5 - Também produzido pela Enduro Bearings

ABEC 7 = classe 4

ABEC 9 = classe 2

 

Grau da Esfera

As circunferências dos rolamentos são produzidas em função de um grau específico, que define sua tolerância geométrica (ou seja, o quão redonda essa esfera é). Quanto menor o número, maior a precisão. Uma esfera com grau 20, por exemplo, representa, na escala de circunferência, que ela é 20/1,000,000” (essa relação representa o ponto de contato entre a esfera e a pista). Enduro utiliza grau 10 para o ABEC 3, o que representa grande excelência.

 

Graxa

A Enduro utiliza diversos tipos de graxa dependendo da aplicação do rolamento. Sua aplicação é sempre dos dois lados do componente, objetivando oferecer lubrificação máxima. Assim, nos rolamentos para roda que contêm pouca fricção e mantêm a temperatura estável da graxa, é utilizada uma graxa diferente daquela aplicada nos rolamentos do pivô do quadro, que demanda um produto mais espesso e à prova d’água.

 

Tipos de Vedação

As vedações desenvolvidas pela Enduro são projetadas e testadas para atingirem o máximo em rendimento, resistência e durabilidade. São adotados 5 tipos de vedação para os diferentes tipos de rolamentos produzidos. Lembrando que todas as vedações Enduro são sempre 2RS, ou seja, há sempre 2 vedações de borracha em cada rolamento (2 Rubber Seals), independentemente de sua estrutura.

 

Vedação LLB:O tipo de vedação mais comumente usado pela Enduro. Aqui há duas vedações de borracha, uma em cada lado do rolamento. Mas toma-se um passo além da vedação 2RS, desenvolvendo uma cavidade na pista interna na qual a vedação gira com maior eficiência e menor resistência à rolagem. O atrito suave proporciona maior giro do rolamento, por isso é um tipo de vedação indicado para cubos. O lábio exterior mantém água e outros tipos de contaminantes para fora, enquanto o lábio interior retém mais graxa, o que gera um funcionamento mais suave e manutenções mais espaçadas.

 

Vedação LLU: Há duas vedações de borracha, uma em cada lado do rolamento. Ocorre contato completo da vedação com atrito médio/alto, e as vedações seguem emparelhadas dentro do rolamento formando um modelo tipo labirinto. Esse modelo de vedação possui maior pressão, sendo indicada para pivôs e caixas de direção, componentes que estão geralmente em contato com sujeira, suor e poeira. Em decorrência desse aumento da pressão de vedação, o modelo LLU retém até 90% da graxa aplicada, afastando umidade e lubrificando continuamente as esferas e pistas. É o rolamento Enduro mais eficiente para manter água e contaminantes afastados do rolamento.

 

Vedação VV: Projetada com a intenção de obter o giro mais rápido possível, essa configuração com dois lábios não possui nenhum tipo de contato. A quantidade de graxa aplicada é grande e ela migra para a parte inferior da cavidade, formando uma barreira que impede a entrada de sujeira e outros elementos contaminantes, ao mesmo tempo em que permite a melhor rolagem com a menor resistência de todos os rolamentos da marca.

 

Vedação SRS: Presente em muitos rolamentos ABEC 5, essa vedação possui um anel elástico por cima do selo e face angulada em 90º. Esse anel pode ser removido com um pequeno instrumento pontiagudo, o que propicia uma manutenção rápida e simples, podendo ser removidos sem riscos de danos mesmo quando estiver sendo efetuada a lubrificação. Sua rolagem e velocidade são baixas, mas possuem efetiva barreira de proteção contra sujeira e água.

 

C-3 Clearance: Folga interna do rolamento, que pode ser considerada na direção radial ou axial. Os rolamentos são fabricados com uma folga interna entre esfera e pista. Esse espaço interno mínimo é necessário para permitir a expansão térmica do rolamento e leves desalinhamentos entre o anel interno e externo, produzindo efeitos em fatores como vibração e ruído. Para rolamentos de esfera, o padrão é o C-3. Existem outras classificações (C2, normal, C4, C5), todavia, oferecidas de acordo com a aplicação do rolamento, e a escolha certa desse padrão é fundamental parasua vida útil.

Comentários do Produto